22 de setembro de 2016

Sabatina do CEEP Leonardo das Dores com Katy Samara

Dando continuidade ao Projeto "Sabatina 2016", o Centro Estadual de Educação Profissional Leonardo das Dores recebeu em suas dependências a candidata à prefeitura municipal de Esperantina Katy Samara (PCdoB) da coligação "Juntos com o povo" para mais uma rodada de perguntas e respostas na tarde de Segunda Feira (19/09/16).

A sabatina de segunda-feira foi a segunda a ser realizada, a primeira aconteceu no dia 23 de Agosto com o candidato da coligação "Unidos por uma nova Esperantina.

Juntamente com Katy Samara se fizeram presentes seus pais Francisco Antonio, popularmente conhecido como Chico Antonio, e Cleonice Carvalho, seu candidato a vice Amancin e toda a comitiva de candidatos a vereadores.
De acordo com as regras, a candidata escolheu três candidatos a vereadores para terem voz e vez durante a Sabatina.
Os escolhidos foram Profº Edmilson, o aluno do próprio Centro Estadual Jhoel Thaylo e o empresário Sebastião Machado.

De início deu para perceber que a candidata é muito corajosa quanto a disposição para enfrentar uma disputa por um vaga no poder executivo da cidade enfrentando candidatos bem mais experientes do que ela.
Uma verdadeira bomba foi colocada nas mãos da mesma por seu papai Chico Antonio.
Demonstração fiel de que a candidatura de Katy Samara não é para ser vitoriosa, e sim para derrotar Vilma Amorim.

Pois bem, as perguntas começaram a ser feitas tanto por parte dos alunos como dos profissionais da escola por volta das 13:10 hs.
Com muita educação, sorriso estampado no rosto, a candidata primeiro falou de sua formação acadêmica e de alguns trabalhos que tem desempenhado juntamente com sua família, ou seja, falou de seu histórico.
Falou que não ver problema algum em sua inexperiência administrativa como empecilho para administrar os rumos políticos e econômicos de Esperantina nos próximos quatro anos.

Em muitas perguntas a candidata se virava para seu papai como se estivesse pedindo ajuda para responder-las. 

Quando perguntada quais eram seus príncipios culturais, a candidata demonstrando pouca desenvoltura política respondeu que era a Micarina e a Festa do Bode (que seu papais idealizou).
"Se não estivesse sendo candidata, o que Katy Samara estaria fazendo por uma Esperantina melhor", a candidato respondeu que estaria fazendo o que a mesma estava fazendo exatamente naquele momento junto aos alunos: conscientizando a população quanto às questões políticas da cidade.
No que se refere a geração de empregos para os jovens que estão terminando o Ensino Médio, a candidata respondeu que em seu Plano de Governo existe uma proposta de criação de um centro (pólo) Industrial para Esperantina.

Mais adiante, quando perguntada sobre o pouco uso da Agricultura Familiar local nas escolas municipais da cidade, Katy Samara fez uma crítica à atual gestão municipal dizendo que a Secretaria Municipal do Meio Ambiente no momento se encontra fechada. Pura verdade. Só esqueceu de dizer que a pasta responsável pelo assunto da questão, a Secretária da Agricultura, está em funcionamento.

Quanto a questão do trânsito de Esperantina, a candidata respondeu que irá, caso vença as eleições, implantar o Fórum de Segurança, onde temporariamente serão discutidas, juntamente com toda a sociedade, ações em defesa da vida no trânsito.

Uma aluna do turno da manhã indagou a candidata sobre as péssimas condições da rodoviária. A candidata respondeu dizendo que a rodoviária é bonita, mas que realmente está feia no momento e que para resolver o problema ela irá fazer manutenção periódica.

Quando foi questionada sobre os perigos do tabagismo e o que a candidata tinha em mente para tratar as pessoas que sofre desse mal, a candidata para a pergunta para o candidato a vereador Professor Edmilson. O que mais chamou atenção nesta hora foi um membro da comitiva da candidata que se levantou para fumar um belo cigarro dentro das dependências da escola. Acho que queria dar um exemplo prático para os alunos.

Já próximo ao fim da Sabatina, quando a candidata foi perguntada como seria possível governar uma cidade do porte de Esperantina tendo pouca experiência administrativa, a mesma deu uma 'simples facada' nos dois outros candidatos a gestor municipal: "não precisamos governar Esperantina em forma de Coronel". Estas foram suas palavras. 

A ligação de sua família com o PT sempre foi, até pouco tempo atrás, muito grande. Mesmo sabendo da candidatura de Vilma Amorim (PT), o que fez seu papai e consequentemente você saírem candidatos? E por que pelo PCdoB?

Quando assim perguntada, Katy Samara respondeu que Vilma Amorim não dialogou com a base do partido sobre a escolha do candidato do PT. E quanto a escolha pelo PCdoB, Katy respondeu que a ligação da família dela sempre foi com partidos de Esquerda.

Basicamente a última pergunta foi: se você ganhar as eleições, será você que irá gerir a prefeitura ou irá fazer tudo que seu papai mandar? 
Respondeu dizendo que precisará governar juntamente com todos os amigos da de sua coligação, inclusive com seu Vice Amancin.

Muito das vezes Katy Samara se mostrava insegura, pedindo para repetir as perguntas, respondendo com outras perguntas.
Em suma, pessoalmente, a candidata se saiu bem melhor do que o candidato da coligação "Unidos por um nova Esperantina" quanto ao respeito pelo alunos e profissionais da escola. Como é de esperar, ficou a desejar na questão política partidária.
Acreditamos que os alunos ficaram satisfeitos com a desenvoltura e elegância da candidata.
Isso é que importa.





Nenhum comentário:

Postar um comentário