27 de outubro de 2016

Rádio jacaré está calada

Bom dia!
Estamos começando mais uma edição de nosso Jornal Semanal.
Direto dos estúdios da Rádio Jacaré, damos as boas vindas a todos vocês que nos escultam semanalmente para as boas novas da Terra dos Lages e dos Melos. 
Para hoje, as principais informações são:
* Saúde espera mais investimentos;
* Educação sairá do fundo do poço;
* Prefeitura terá, finalmente, um prefeito que fala;
* Babões de plantão chora os mais de 400 votos de diferença;
* O programa da Rádio de 3 milhões, feito aos sábados, cala a boca.

E muito mais vocês irão conferir em nosso programa.

A cidade de São Gonçalo respira novas expectativas. A esperança voltou a tomar espaço na terra do Jatobá.

Depois que os Lages perderam, tanto para os Melos como para si mesmo, o que estamos presenciando é a verdadeira geladeira instalada na cidade de Batalha.

Tudo está congelado.

No entanto, começaremos falando do setor da Saúde.

Até o dia 31 de Dezembro 2016, os batalhenses irão presenciar o que o médico da cabeça branca, primeiro damo, é capaz de fazer, e o que sempre foi capaz de fazer, com a saúde de Batalha.
Todos os serviços prestados estão cancelados, congelados.

Aumento de salário nem sonhando.

Nenhum investimento, mesmo que você batalhense morra agora mesmo, serão feitos. Ordem maior.
Como médico faz isso, imagine se fosse apenas um paciente em estado terminal.

Agora a Saúde, mesmo que sofra nestes próximos 65 dias, tem perspectivas de melhoras.
O novo eleito para a prefeitura está vindo com muita sede, e fome, para trabalhar em prol do povo batalhense.

"Propagandas" - Quer frango, fale com o vice. Está a procura de dinheiro fácil? Procure o vereador dos cheques. Saúde? Está à procura de Plano de Saúde? Converse com o homem firme.

Voltamos. Agora são 09:38 hs. Acerte seu relógio, pois a hora dos Lages voltar para Teresinha está próximo.

O tema agora é educação.

Depois que levou mais de 400 votos de diferença nas urnas batalhenses, o primeiro damo cancelou, também, os trabalhos de recuperação e manutenção de poços tubulares tanto da zona rural como da zona urbana.

Falar em poço, na última vez que o seu Joãozinho Melo foi pegar água em um poço, o mesmo encontrou a coitada Educação de Batalha.
Já estava nos últimos suspiros.
Foi quando Joãozinho lhe disse: em breve você sairá daí. Aguente mais um pouco.
Você (educação) já vem sofrendo desde de 2013, então você têm forças para superar estes últimos 65 dias de gestão péssima dos "lagistas".

E mais, todos os carros, pau-de-arara, que carregava (transportava) alunos foram cancelados para sobrar mais um pouquinho de dinheiro. 
Quanto as aulas, terminarão no próximo dia 30 de Novembro. 
Verba da educação no mês de Dezembro, só Deus sabe para onde vai.

E assim somos educados na educação política partidária de Batalha.

Mudando de tema, o que você acha de uma prefeitura gastar dinheiro com porta-vozes, pois a gestora municipal não sabe, não pode e nem quer falar?
Só em Batalha mesmo.

A rádio "rival" da nossa (Rádio Jacaré) (risos), cobrava um tim-tim para dar voz às manipulações que a prefeitura fazia.
Este tim-tim deveria ser investido em políticas públicas em prol da população local, no entanto, a gestora gastava para tentar esconder o lado negro da sua administração.

Agora teremos, enfim, um gestor que sabe falar e mais do que isso, precisa falar como está e como pretende deixar o município daqui a 4 anos e 65 dias.
O Joãozinho Melo dar um show de belos discursos. 
Encima do palanque fez a diferença, enquanto a derrotada nem fala, só o primeiro damo. Nam!

Dando continuidade ao nosso programa, falaremos agora sobre os babões que perderam a mamadeira administrativa.

Todos acreditavam que iria continuar a ganhar sem muito se esforçar.
"O grupo do DR. é maior", "O DR. sabe o que é política", esses eram os discursos dos babões.
No final ficou comprovado que nem grupo, nem sabedoria em política muito menos a máquina administrativas nas mãos não são, mais, suficientes para vencer uma eleição. 
Hoje a política está um pouco diferente. 
O grande peso dessa campanha foi o tema "trabalho prestado". 
O primeiro damo não trabalhou, mereceu perder.

Para o melhor de Batalha, assim foi o que aconteceu. Que bom!

E para finalizar nosso programa de hoje, pois já estamos nos últimos minutos, o programa de rádio realizado aos sábados, pago pela prefeitura de Batalha, não tem mais notícias para divulgar, até porque não irão divulgar que os "lagistas" perderam para aquele que foi inocentado nas três instâncias da Justiça Nacional muito menos não irão dizer que todos os serviços prestados para a Prefeitura Municipal daquela cidade estão cancelados onde muitas pessoas estão com seus salários atrasados e tantas outras peripécias da administração do primeiro damo.

Sem mais para hoje, agradecemos sua audiência e até a próxima oportunidade.

"Posso não concordar com nenhuma palavra que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-la" (Voltaire).


Nenhum comentário:

Postar um comentário