2 de janeiro de 2017

Vereador Castro perde presidência da Câmara de Esperantina

Recordo como se fosse hoje uma notícia dada por um canal virtual da cidade logo, logo, após as eleições de 02 de Outubro do ano passado que tratava de uma reunião entre o presidente da ALEPI Themistocles Filho e os vereadores eleitos da base do PMDB de Esperantina.
A reunião aconteceu na residência oficial de Themistocles Filho nesta cidade.
O único vereador eleito da base do PMDB que não se fez presente na reunião foi Mauro.

A principal pauta da reunião era exatamente a eleição da presidência da Câmara Municipal de Esperantina para o mandato 2017 e 2018.

Depois do resultado de sua derrota nas urnas, Themistocles Filho já preparava sua base de Oposição Municipal.
O objetivo era conseguir eleger o presidente da 'casa' para tentar dificultar a vida administrativa da petista Vilma Amorim.
Dos 13 vereadores eleitos, o grupo do PMDB elegeu 07, portanto, Themistocles Filho, na teoria, tinha o controle da maioria dos vereadores para eleger seu predileto. Viu uma oportunidade de ganhar pelo menos uma eleição contra a mulher. Mas ficou apenas na teoria.

De cara apareceram 03 candidatos. Foi falado em Castro (vereadora mais bem votado e preferência de Themistocles Filho), Leônidas Quaresma e Júnior Rodrigues.

O tempo passou e mais uma vez a vontade monocrática de Themistocles Filho foi 'aceita'.

Ontem (01 de Janeiro) aconteceu a acirrada eleição para presidência da Câmara Municipal.

Pelo lado do PMDB, Castro saiu candidato. Como já foi dito, esta escolha foi bem discutida publicamente.
Pelo lado do PT, Manoel Filho (13º vereador eleito) saiu candidato. Esta escolha foi a cara da prefeita: simples e sem holofotes.

O grande diferencial da candidatura de Manoel Filho foi o seu vice: Leônidas Quaresma que até então 'fazia' parte do grupo do morro (PMDB).
O mesmo esteve na reunião descrita no início desse texto, recentemente participou de um grande aniversário na casa oficial do presidente da ALEPI e subiu no palanque do PMDB durante a campanha.
Ano novo e logo Leônidas Quaresma desceu do morro para modificar o resultado final da eleição da Câmara.

Pelo jeito Leônidas Quaresma cansou de 'apanhar' estando na oposição nestes últimos anos. E também Cansou do morro por não ter sido escolhido como candidato no lugar de Castro.

Vilma Amorim juntamente com o Deputado Estadual Francisco Lima viram neste desentendimento entre Leônidas Quaresma e Themistocles Filho uma chance de virar a desvantagem que os mesmos tinham na quantidade de vereadores eleitos.
O que fizeram? Deram a vice presidência para Leônidas Quaresma na chapa de Manoel Filho.

Todos sabem que Manoel Filho será nomeado Secretário Municipal. E quem irá presidir a Câmara nos próximos 02 anos? Não preciso nem dizer.

Novamente Themistocles Filho e sua base perdeu uma eleição para a mulher do PT. Acredito que estão apavorados com o número 13 aqui de Esperantina.

O resultado da acirrada eleição foi 07 votos para Manoel Filho e 05 para Castro.

Um vereador deixou de votar. E quem foi? Aposto minhas fichas em Mauro.

"Eu só sou responsável pelo que escrevo, não pelo que você entende" (Renato Russo).

Ftos - duscocais  

Nenhum comentário:

Postar um comentário