15 de março de 2017

Sou contra a Reforma da previdência

Da forma que está sendo apresentada, devo lhes dizer, queridos leitores, que #soucontraareformadaprevidencia.
Falo para todos que não irei, um dia, me aposentar.
Antes mesmo dessa proposta de reforma, já dizia isso. Tenho meus motivos para falar isso.
Agora é que não irei me aposentar mesmo. Depois dessa pouca vergonha, em alguns parágrafos do texto que foi enviados por Michel Temer para ser aprovados pelos "nossos" Deputados Federais e depois pelos Senadores, é que não irei mesmo ter este "sonho" profissional e social.

Antes para se aposentar eu precisava apenas de 25 anos de contribuição.
Agora querem aumentar para 49 anos, caso eu queira ter meus rendimentos (dimdim) de forma integral, ou seja, sem nenhuma perda salarial.
Absurdo.

49 anos de contribuição e 65 anos de idade mínima impossibilita muitos brasileiros de se aposentarem a tempo para desfrutarem, ativamente, desse momento de qualquer pessoa.

Pela minha contagem não tenho 12 anos de contribuição. Sendo assim, precisarei trabalhar mais 37 anos. Com a idade de cristo que tenho, pelo jeito vou "me aposentar" somente com 70 anos, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Por outro lado, se eu quiser me aposentar aos 65 anos, perderei parte dos meus direitos salariais. 
Assim fica difícil!

Este reforma é coisa de classe rica mesmo!

Outro item que querem aprovar nesta reforma se refere a idade mínima para se aposentar.
Por um lado, concordo com isso, pois de forma geral a população brasileira está tendo mais acesso à educação e à saúde, consequentemente a expectativa de vida está sendo elevada.
Hoje a Expectativa de Vida do brasileiro é de 75 anos. Caso não aumente a idade mínima para aposentadoria, logo teremos 'muitas' pessoas aposentadas, ou seja, mais pessoas aposentadas do que hoje. E até onde é seguro o equilíbrio das contas públicas com esta crescente população aposentada?
Mas um parentese podemos abrir aqui: mas nem toda população, ou região brasileira, tem esta expectativa de vida. Moradores da região Norte e Nordeste não têm esta expectativa, estão abaixo dos 75 anos.

Verdade!

Então limitar uma idade mínima para uns baseada em padrões mais elevados de outros é querer "arranjar" confusão, desordem, desequilíbrio financeiro e social.

Por outro, podemos fazer uma comparação com alguns países ricos e chegar a um termo comum.

Outro item que querem aprovar se refere a igualdade da idade mínima para homens e mulheres.
Outro absurdo.
Desse item discordo plenamente.

Querem que homens e mulheres se aposentem com 65 anos.
Só no Brasil mesmo.

Mulheres devem se aposentar antes dos homens, e um dos fatores é que a mulher tem dupla jornada de trabalho, em alguns casos até "tripa" (hihihi).

Nenhum comentário:

Postar um comentário