Pular para o conteúdo principal

Esperantinense quer morrer

Deus por todos e cada humano esperantinense por sim neste caótico trânsito de Esperantina.

Caótico por ser resultado de um Estado omisso e de um povo, nem todos os indivíduos, mal educado quanto as obrigações e direitos que todos nós temos nas ruas esperantinenses.

Longe de ser linguagem indígena, mas é muito realidade este título dessa postagem.

Não acho que seja falta de sinalização que faz uma pessoa, na sua sã consciência, não parar em uma esquina onde o mesmo não sabe o que está vindo seja do lado esquerdo ou do direito. Pelo menos em Esperantina.
Dar para ter um mínimo de destreza para saber que ali, naquele cruzamento de duas ou mais ruas, umas das partes deve parar. 
A Lei diz que existe a PREFERÊNCIA e a não preferências nestes cruzamentos.

Então seus mal educados esperantinenses vê se comecem a parar nos cruzamentos para o bem de vocês mesmos.

Os benditos retornos?
Outra problemática.

Neste momento não sai de minha cabeça a belíssima frase do colega Genilson de Castro do site SineFide: "esperantinense tem pressa para nada".

Retornos são uns terrores para esperantinenses.
Léguas e mais léguas são percorridas quando um mal educado esperantinense ver um retorno.
Põe a própria vida em risco bem como, infelizmente, a vida de muitas outras pessoas que não tem nada haver com a 'pressa' e a burrice dos mesmos.

O que aconteceu nesta imagem acima? Quem provocou este acidente?

Simples responder: a burrice, a ligeireza, o jeitinho brasileiro de querer sempre manipular as regras do jogo, a não 'preferência' em querer se sobressair sobre a PREFERÊNCIA.

No mínimo quem tinha a obrigação de parar não parou, quem não tinha preferência nesse cruzamento quis ter preferência e assim ocasionou mais um acidente. 

E assim continuaremos a assistir estes episódios da vida urbana feita por pessoas, em alguns casos forçados pelo Estado, que adoram encurtar a vida neste trânsito.

Punição para estes mal educados não existe porque para o Estado também não.

Quando será o próximo velório?

Fto - portalesp.com.br 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia ou Boa Tarde?

Alguns seres classificam esta diferença entre dar um BOM DIA ou BOA TARDE levando em conta o ALMOÇO e não as horas do movimento de Rotação da Terra. Você já foi corrigindo quando desejou um BOM DIA para quem já tinha almoçado? Provavelmente que sim. As indesejadas situações onde somos corrigidos quanto as felicitações de gentileza muitas das vezes não são agradáveis. Então quando devemos desejar BOM DIA, BOA TARDE? Depende das horas e não do almoço em si. Os cronologistas não aceitam esta afirmativa. Para os cronologistas o DIA tem 24 horas, portanto, desde que você esteja dentro desse período sempre será "dia". Como será você chegar na casa do (a) namorado (a) a partir das 21:00 hs e dar um BOM DIA em plena noite? No mínimo será cogitado de doido(a) ou bêbado(a). Independente da gentileza que queira passar ou até mesmo a educação que recebeu dos pais e familiares em geral o mais adequado é que das 06:00 hs até as 12:00 hs você deve dar um BOM DIA e depois do meio dia até a…

Países de industrialização tardia.

Depois da Inglaterra, Bélgica, França e Estados Unidos foi a vez de Alemanha, Japão, Canadá e Itália a se industrializarem. Por que a Alemanha (3ª Economia do mundo) se industrializou tardiamente em relação aos países pioneiros? Sua história é marcada por guerras, destruição e reconstrução. Foi derrotada tanto na 1ª como na 2ª Guerra Mundial, foi dividida e mesmo assim conseguiu reunir forças para sair, rapidamente (30 anos) dos destroços e alcançar a 3ª posição dos países mais industrializados do mundo capitalista de hoje. O Japão foi a 1ª potência a se industrializar na Ásia. Hoje é a 4ª potência econômica do mundo. Mesmo durante a 2ª Guerra, onde foi totalmente arrasada, aprendeu que para se alcançar a meta de um país industrializado é necessário se investir em Educação para gerar capital e consequentemente comprar matéria-prima na qual não tem em seu pequeno subsolo. Este dois países deram exemplo de trabalho, dedicação, força de vontade e esperança para o mundo ao mostrar que me…

Não plante Nim Indiano

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia. 

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc).