21 de janeiro de 2009

O ASSUNTO DO MOMENTO


Hoje (21/01) comemora-se o dia da RELIGIÃO e depois de finalizados os Festejos de São Sebastião (Igreja Católica) e consequentemente dos SERMÕES ditos durante as novenas, podemos agora parar um pouco e fazer uma reflexão sobre os pontos contrários deste pensamento.

Vamos a uma festa dançante para se divertir mesmo que seja por 2,3,4,5 horas. Mas caso a banda pare de tocar por alguns instante já se ouve reclamações, pois fomos ali para ouvir músicas e não presenciar um silêncio. Certo?

O mesmo acontece quando vamos a uma missa ou a um culto. Vamos para ouvir a palavra de Deus e não a Sermões e recados mundanos.

Eis o Recado

"Diante da diversidade de dogmas e culturas, torna-se muito difícil conceituar um assunto como religião. A palavra se originaria do latim Religare, significando o laço que liga o homem à divindade.

Pode-se afirmar que o princípio das religiões se baseia na crença de uma força inteligente sobrenatural, considerada como criadora do Universo, e na continuidade da vida após a morte através da existência de outros planos que não o físico.
É um conceito amplo, com o qual os pesquisadores trabalham. Sem dúvida, os crentes de cada religião teriam definições bem mais adequadas para suas crenças.

Pode-se dizer também que a religião é um conjunto de regras e doutrinas, pelas quais o crente se guia e molda suas atitudes. Ou ainda, que é um sistema específico de pensamento ou crença a envolver princípios filosóficos, éticos e metafísicos."

Autor: Juscelino Tanaka

Nenhum comentário:

Postar um comentário