14 de agosto de 2010

A Educação de Esperantina está AMARGA!

Caros colegas,
sinceramente me recurso a evitar em falar sobre os péssimos rumos da educação brasileira.
Vejo enormes descasos envolvendo a educação e muitas vezes me restrinjo em falar para não atingir colegas da minha profissão. Em outros momentos como este não devo negligenciar tal fato.
E diga de passagem que não me refiro ao Jornalismo, pois não sou jornalista certo caro ícone da rádio esperantinense JB Alves, mas refiro-me a de professor.

Já disse que uma das classes mais desunidas do Brasil é a de professores. No entanto caminhando pelas estradas da vida educacional tenho capitado nos minutos de loucuras e muitas curiosidades que Esperantina está em maus lençóis.

Em alguns localidades e órgãos do poder público ainda está estampada a logomarca do governo caótico do passado.
Caso fosse somente a infra-estrutura de algumas escolas o motivo do atrasado da educação esperantinense o problema tinha jeito.
Reconheço que algumas escolas batalhenses estão anos-luz atrás de certos grupos (escolas) esperantinenses quanto à infra-estrutura.

Mas o problema é mais embaixo.

Colegas professores que só chega atrasados prejudicando a carga horária. Se já é pouco 04 horas imagine menos do que isso.
Nobres colegas de profissão levando documentos da escola para casa dificultando os trabalhos dos responsáveis pelo arquivamento dos mesmos, sem falar de que alguns documentos que deve ser feitos pelos tidos como educadores não são feitos demonstrando irresponsabilidades.
E o que falar do não preenchimento de documentos levados para casa? Essa política tira mesmo o tempo para as responsabilidades. Preferem ficar fuxicando nas esquinas.

Todo professor é feito de carne e osso.
A falta professores pode ser de certa forma normal deste que haja um bom senso quanto à devida desculpa ou motivo da falta. O que não podem é reclamarem a falta de professores para os outros e ao mesmo tempo são os primeiros a faltarem. Procurarem se especializarem, se qualificarem todos temos o direito o que não temos como direito é usar esta desculpa para se despontar do ambiente escolar, portanto das responsabilidades.

Na sala de aula mando eu, seja em Batalha seja em Esperantina-TO. Todo colega professor tem sua própria metodologia e quem são estes professores que querem criticar as mais variadas metodologias? Saibam caros colegas leitores que tem professores reclamando, sem embasamento, estas metodologias.
Não tem sequer uma metodologia para criticar muito menos argumentos que os defendam.
Professor tem que ser espelho. O meu pode está sujo mais não crio fumaça através de cigarros nos corredores da poluição das mentes dos meus alunos.
Carlos Werneck quando quer aliviar a tensão de sala aula sai da  escola para fumar seu poluidor de pulmão enquanto outros fumam mesmo ali nos corredores, dentro do ambiente escolar. Pode uns negócios desses? Abra os olhos secretária Vilma Amorim.

Daqui apouco teremos abaixo-assinado para banir estes males que faz com que a Educação de Esperantina torne-se AMARGA, seja aqui no perímetro urbano, na Lagoa Seca, no Barreiro dos Cocos ou na Amargosa.

5 comentários:

  1. A culpa de tudo isso, sao dos diretores, que nao tem capacidade de comandar uma escola, para nao desagradar a "comunidade" se sujeitam a passar como palhaços, fazer-se de abestado. é o caso onde muitos deles assinaram cheques e entregaram se consultar o conselho escolar. levando assim todo o conselho a ficar ou ser responsavel pelo ato de irresponsavel cometido por ele. portanto, senhora secretaria do municipio, vc podia por pessoas com mais compromissos na educacao especificamente na diretoria das escolas (nao falo com todos os diretores apenas com uns AMARGOS) que nao tem compromisso e nem competencia para guiar uma escola.
    tem mais...............

    ResponderExcluir
  2. parabens senhor,por seu desabafo. A ordem tem que começar e pelos diretores sao eles quem deve ditar as ordens, por que senao vira bagunça.

    ResponderExcluir
  3. o profissionais de qualquer orgão publico ou não,têm q trabalhar por q é seu papel e não por que alguem tem q mandar,concordo q ñ são todos os diretores,mas mesmo o diretor sendo assiduo há professores sem compromisso q só sabem criticar o trabalho do diretor e de seus colegas professores,mesmo tendo escolas q tenham disciplinas os professores ainda são sem compromisso.

    ResponderExcluir
  4. desculpe-me marcelino,achei muito pessimo gosto de vc citar o nome do prof.vc tem esse direito de expor as pessoas sem permissão?

    ResponderExcluir
  5. na realidade existem muitos professores sem compromisso,é isso q faz a educação ser uma porcaria.

    ResponderExcluir