14 de maio de 2014

O Geossímbolo de Esperantina

Em Geografia Humana, pode-se trabalhar com a definição de lugar, uma extensão que, por razões culturais, políticas ou mesmo religiosas, aos olhos de um grupo social, assume uma dimensão que os fortaleze, enaltece.

O termo Geossímbolo é novo, está dentro da Geografia Humana, e é do geografo Joel Bonnemaison. Este conceito está relacionado a qualquer parte do Espeço Geográfico, inclusive nossa cidade. 
O Geossímbolo remete à um símbolo de determinado território, região ou de qualquer outra categoria da ciência geográfica. Vemos dizer que este termo está para definir uma parte do território planetário por algumas características.

Podemos tomar como exemplo o Cristo Redentor que remete a imagem do Rio de Janeiro bem como a Estátua da Liberdade que se refere à Nova York. O que falar da Muralha da China? 

E agora pergunto: qual é o Geossímbolo de Espernatina?

Eis algumas respostas: Rio Longá, Cachoeira do Urubu, terra dos movimentos sociais, terra do orgasmo, cidade da sujeira, Micarina, terra da cassação, cidade sem trânsito, corrupção em alta, cidade de todos, jumento enterrado de cabeça para baixo, Padre Ladislau, Lages, Biblioteca no século passado, cabides de emprego, terrado futebol sem bola, praça esquecida, paredão da rodoviária, teatro (que diabos é isso?), cinema (nunca ouvi falar), semáforos (parou no vermelho), praças para trombadinhas, terra sem leis, oligarquia na política, ponte a quebrar, mercado a matar, estádio a afundar, rodoanel a parar, Morro da Chapadinha, Ciganos.

Escolha o (s) seu (s). 

2 comentários: