11 de agosto de 2015

"Mais educação" em Batalha é 'menos educação'

Cidade de Batalha
O programa 'Mais Educação" é um projeto do Governo Federal.
Foi criado em 2007 e integra ações do PDE (Plano de Desenvolvimento da Educação).
Este programa visa ampliar os tempos, os espaços, as oportunidades de aprendizagem dos alunos do 1º ao 9º do Ensino Fundamental.
Este programa nasceu para atender escolas com baixo IDEB tanto na zona rural como urbana.
As aulas do programa acrescentam três horas na carga horária do aluno participante e acontecem em período oposto ao do escolar. 

Em Batalha, cidade de leis próprias, não é bem assim que funciona.
O programa deve ter 10 meses de duração anual. Quem fala isso é o MEC.
Em uma escola do município de Batalha, mais precisamente a U. E. Tenente Freitas (localidade Vitória de Baixo - 62 km de distância da sede do município), só agora em Agosto que dará início este programa.

As aulas do corrente ano irão até o dia 30 de Novembro. 

Pelas nossas contagens, o programa Mais Educação nesta escola irá funcionar 3 meses e 13 dias. Alô Ministério Público, o que tem a dizer sobre isso?

O MEC diz também que a os governos municipais devem ofertar como contra partida a merenda dos alunos participantes do programa. 
Se em boa parte de cada mês não tem merenda nem mesmo para os alunos dos turnos normais, imagine se vai ter par os alunos de contra turnos.

Verba para compra de material e pagamentos de funcionários não é problema. Meio a crise, a Pátria Educadora não deixa de enviar. Este ano mesmo já está sendo enviado.
Se a verba é destinada para 10 meses, no entanto o programa irá funcionar em 03, para onde está indo o restante da verba? Seu Ministério Público, o que tem a dizer sobre isso?

Diz também o programa que os professores orientadores devem ser escolhidos meio à alguma forma de concurso, seja por análise de currículo ou mesmo aplicação de prova. 
Nesta referida escola a escolha aconteceu pelo QI - Quem Indica. E quem indicou? Você pode responder Ministério Público?

Quanto a infraestrutura da escola, dar para vocês imaginarem como está sendo a aprendizagem dos alunos quanto ao temas de atividades propostas para o programa: dança, teatro, hortas, reciclagem, esporte. 

Será que isto irá acontecer quando somente na próxima segunda-feira este programa der seu primeiro ponta pé?

Enquanto isso os reis de Batalha zombam da educação dos poderes. 

Alô MEC, alô Fantástico. Estou preocupado com os alunos.

Fto - saraivarerporter

Nenhum comentário:

Postar um comentário