Pular para o conteúdo principal

PROFESSOR FAZ A DIFERENÇA NAS AULAS PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM ESCOLA PÚBLICA DE ESPERANTINA – PI

Autor: Joaquim Marques de Oliveira Neto. Esperantina - PI. Dezembro de 2017.

Entre os diversos desafios enfrentados na educação física escolar, destaca-se a falta de interesse e participação dos alunos nas atividades desenvolvidas, principalmente quando as aulas ocorrem em escolas públicas que não dispõem de infra estrutura. Um dos aspectos relacionado a essa problemática é a homogeneidade de conteúdos e a consequente desmotivação dos alunos.

Analisando essa dura realidade, o professor de Educação Física, Joaquim Marques de Oliveira Neto, realizou um projeto de intervenção junto aos seus alunos do 6º ao 9º ano com duração de 4 meses, intitulado: APRENDER BRINCANDO: INTERVINDO COM UMA DIVERSIDADE DE CONTEÚDOS E ATIVIDADES NA PRÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NA ESCOLA MUNICIPAL JOÃO BATISTA DE AMORIM, LOCALIDADE MUNDO NOVO DOS AMORIM,  ESPERANTINA – PI.

Conforme Darido 2012, os conteúdos da Educação Física a serem trabalhados nas três dimensões conceitual, procedimental e atitudinal são relacionados aos: jogos e brincadeiras, esportes, ginástica, atividades rítmicas e expressivas e lutas.

O professor relata que a escola não possui estrutura para dar suporte ao seu trabalho. “Trabalhamos sem infra estrutura: não temos quadra poliesportiva, nem recursos materiais. Criamos nosso próprio material usando a criatividade e desenvolvemos nossa aula com o interesse e participação do aluno”.

Os resultados esperados do projeto foram satisfatórios, pois os alunos passaram a participar ativamente e a gostarem das aulas práticas, como mostram os gráficos e os registros fotográficos abaixo: 

Registro fotográfico:








Conforme Bastos 2013, o que podemos concluir é que infelizmente ainda não temos uma estrutura adequada para oferecermos uma Educação Física de qualidade, pois além do conteúdo, com certeza precisamos de materiais e de um espaço apropriado, pois a Educação Física não trabalha somente a mente, mais também o corpo.

Referências
BASTOS, Leandro Veras. Os Desafios da Educação Física Escolar. Disponível em https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/esporte/os-desafios-da-educacao-fisica-escolar/30168. Acessado em 28/11/2017.

DARIDO, Suraya Cristina. Educação física na escola: conteúdos, suas dimensões e significados. Universidade Estadual Paulista. Prograd. Caderno de formação: formação de professores didática geral. São Paulo: Cultura Acadêmica, p. 51-75, 2012.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia ou Boa Tarde?

Alguns seres classificam esta diferença entre dar um BOM DIA ou BOA TARDE levando em conta o ALMOÇO e não as horas do movimento de Rotação da Terra. Você já foi corrigindo quando desejou um BOM DIA para quem já tinha almoçado? Provavelmente que sim. As indesejadas situações onde somos corrigidos quanto as felicitações de gentileza muitas das vezes não são agradáveis. Então quando devemos desejar BOM DIA, BOA TARDE? Depende das horas e não do almoço em si. Os cronologistas não aceitam esta afirmativa. Para os cronologistas o DIA tem 24 horas, portanto, desde que você esteja dentro desse período sempre será "dia". Como será você chegar na casa do (a) namorado (a) a partir das 21:00 hs e dar um BOM DIA em plena noite? No mínimo será cogitado de doido(a) ou bêbado(a). Independente da gentileza que queira passar ou até mesmo a educação que recebeu dos pais e familiares em geral o mais adequado é que das 06:00 hs até as 12:00 hs você deve dar um BOM DIA e depois do meio dia até a…

Países de industrialização tardia.

Depois da Inglaterra, Bélgica, França e Estados Unidos foi a vez de Alemanha, Japão, Canadá e Itália a se industrializarem. Por que a Alemanha (3ª Economia do mundo) se industrializou tardiamente em relação aos países pioneiros? Sua história é marcada por guerras, destruição e reconstrução. Foi derrotada tanto na 1ª como na 2ª Guerra Mundial, foi dividida e mesmo assim conseguiu reunir forças para sair, rapidamente (30 anos) dos destroços e alcançar a 3ª posição dos países mais industrializados do mundo capitalista de hoje. O Japão foi a 1ª potência a se industrializar na Ásia. Hoje é a 4ª potência econômica do mundo. Mesmo durante a 2ª Guerra, onde foi totalmente arrasada, aprendeu que para se alcançar a meta de um país industrializado é necessário se investir em Educação para gerar capital e consequentemente comprar matéria-prima na qual não tem em seu pequeno subsolo. Este dois países deram exemplo de trabalho, dedicação, força de vontade e esperança para o mundo ao mostrar que me…

Não plante Nim Indiano

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia. 

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc).