6 de novembro de 2008

OS LENÇOÍS QUE ESPERO ABRAÇAR


Raro e incomparável fenômeno da natureza, os Lençóis se estendem por 70 km ao longo da orla oceânica e avançam 50 km pelo continente, em direção ao interior, formando um grande areal, com uma superfície de aproximadamente 1550 km², repleto de uma infinidade de poços, lagos e lagoas, de água doce e cristalina, cujos tons variam do azul ao verde, entre alvíssimas dunas, que podem atingir os 40 metros de altura, num espetáculo impressionante.
Esse incrível mar de areias brancas e enormes dunas, a perder de vista, é uma espécie de Saara onde, no entanto, chove trezentas vezes mais que naquele inóspito deserto africano.A melhor época para conhecer os deslumbrantes Lençóis Maranhenses, é justamente no período das chuvas, entre dezembro e julho, quando as inúmeras piscinas, formadas ao longo de milhares de anos por um raro fenômeno geológico e pela precipitação de águas pluviais, estão mais cheias e refrescantes. Em algumas lagoas, é possível até encontrar peixes e aves migratórias.
Veja a lista completa de hotéis e pousadas de Lençóis Maranhenses por ordem alfabética. As duas mais procuradas, a Lagoa Azul e a Lagoa Bonita, oferecem, então, águas cristalinas, de cor azulada, com ótimas condições de banho e cenários espetaculares. No interior do Parque, há muitas outras, bem como também dois oásis, o Queimada dos Britos e o Baixa Grande, e em suas margens ocorrem grandes manguezais.Barreirinhas, cidade com a melhor estrutura da região, fica a pouco mais de 270 km de São Luís, capital do Maranhão, de onde partem ônibus, carros de passeio e aviões de pequeno porte, para poucos passageiros, que, sem dúvida, oferecem a melhor forma de apreciar a vastidão dos Lençóis. Para entrar no Parque a partir de Barreirinhas, é preciso utilizar veículos com tração 4x4 ou descer de barco através do Rio Preguiças, ladeado por uma densa vegetação ciliar, até sua foz. Optando pelo passeio fluvial, em meio à mata nativa, com trechos de mangue e típicas palmeiras de buriti, na área chamada Pequenos Lençóis, o espectador é premiado com a visão de dunas e lagoas semelhantes às encontradas no Parque, só que em menor escala. Em Mandacaru, do alto do Farol Preguiças, com 35 metros de altura e 160 degraus, é possível avistar a extensão do rio, a grandeza arrebatadora dos Lençóis Maranhenses e até mesmo o Oceano Atlântico. Após passar por Caburé e Atins, chega-se ao litoral, onde belas praias margeiam aquela que, seguramente, é uma das mais fantásticas obras da natureza A página de Barreirinhas terá informações de onde ficar, o que fazer, onde comer, como chegar, praias, passeios, outras praias, bem-estar, esportes, lazer e cultura, arte, compras, serviços, imóveis, eventos, dados gerais, história, imagens, mapas, telefones úteis, links, arredores, imagens de satélite, previsão do tempo, índice de raios UV, tábuas de marés, ondas e ventos, fases da lua, nascente e poente e muito mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário