13 de junho de 2009

A HORA É AGORA!

Em umas das minhas maiores qualidade - curiosidade -, apesar de que alguns criticam, estive aguçando-a navegando por algo que me tirasse a tranquilidade, algo que me inquietasse no profundo sentimento de criar algo novo e bom, pois viver só na maresia cansa; E encontrei. Por incrível que pareça encontrei bem próximo de mim.

Uma verdadeira guerra de patrões e subordinados. Gregos e troianos. Governo e Oposição.

Lendo esta matéria percebi que as batalhas não pararam mesmo depois do salto alto da administração cair devido a uma péssima gestão à frente de uma segunda prefeitura - Sec. de Educação anos atrás. Como disse antes, volto a dizer que a hierarquia ainda conta muito.

"Manda quem pode, obedece quem tem juizo", portanto nossa EDUCAÇÃO foi esquecida não pelos menos poderosos e sim por aqueles que não têm compromisso algum com a mesma, não porque os menos poderosos não sejam corruptos, mas porque a máquina administrativa é comandada por apenas alguns homens.

Esclarecendo o assunto, até por que não sou de ficar enrolando, resumo:

Minha curiosidade foi chamda devido a troca de acusações:

O até então professor subordinado, hoje, diretor chefe, foi criticado de forma sórdida por nada mais nada menos do que a, até então Secretária professora chefe, hoje nada mais do que professora subordinada.

Percebi que este espaço de dizer quem está errado e quem está certo, depende de onde cada um de nós estejamos, vendo e analisando os fatos.

O "hoje" diretor falou que a "ontem" secretária foi um "HITLER PORQUE DEIXOU MUITAS CRIANÇAS SEM MERENDA ESCOLAR", DISSE TAMBÉM QUE "MINHA MELHOR RESPOSTA É O TRABALHO DESENVOLVIDO NA ESCOLA".

Enquanto a ex-secretária, falou o que vocês podem ver aqui. na post "A Escola e a Política Partidária"

Tempos passam, respostas surgi, perguntas revolucionam. Críticas são necessárias deste que as mesmas sejam feitas a se mesmo - autocríticas.

Estiveram no poder e não fizeram isso. Pergunto a você colega professora, por quê?

Nem se quer aceitavam, e hoje vem você dizer que a escola não está funcionando bem devido o diretor que lá está. Lembre-se que você foi não uma DIRETORA, mas a "SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO" e não fez nada, absolutamente nada, senão algo que "não sei".

Espero profundamente que o diretor que lá está, a Secretária que hoje lá está e até mesmo o prefeito que nos governo no momento, façam sempre uma autocrítica, pois assim os mesmo poderão tirar nossa educação de onde vocês levaram - fundo do poço.

Caso contrário voltarei aqui para aumentar minha curiosidade em saber como é bom viver em paz, com boa educação, saúde, segurança, etc.

Não vejo melhor momento para mudar. A hora é agora.


Um comentário:

  1. Caros leitores:
    Não me surpreendo quando vejo um ex-subordinado dar ordens a sua ou ao seu ex-chefe. Isso ocorre constantemente onde existem hierarquias. É triste observar que normalmente um mau exemplo se torna o 'tal'ou a 'tal' quando passa a chefiar alguém. Isso é pobreza de caráter e de profissionalismo.

    Ana Clarice

    ResponderExcluir