16 de maio de 2011

Quanto mais estudo mais analfabetos me governa!

É contra o bom senso educacional o título dessa matéria mais tem tudo haver com este momento que vivemos nesta Doce cidade.
Todo início de ano era frustrante imaginar se iria mesmo conseguir passar de ano.
Nunca imaginava ter uma graduação.
Hoje recém pós-graduado fico como avião sem asas, cabeça sem cafuné e agora a me perguntar por que têm que ser assim?
Não era isso que queria para meu tempo muito menos para meus netos.
Apesar de o IBGE demonstrar, de acordo com o censo de 2010, que os avanços quanto a nossa educação tem melhorado é difícil imaginar termos cabeças a nos governar sem o mínimo de instrução para resolver problemas simples de nossa população
O que devo fazer perante ter um gestor semi alfabeto, um presidente de câmara que mal sabe ler, um secretário de Cultura que talvez não saiba quem é Leonardo das Dores e um vereador que chamou o passageiro (a) do motociclista (a) de compassa?
Devo morrer ou continuar estudando para quem sabe um dia possa ler que seremos salvos pelo jovens que hoje estudam?

Nenhum comentário:

Postar um comentário