30 de dezembro de 2011

Espaço Suburbano esperantinense!

Enveredar pelas vielas, becos e ruas não é difícil para nós esperantinenses.
Algumas cidades brasileiras nasceram, tais como Belo Horizonte, Brasília, Palmas, tendo já todo seu mapeamento feito. Cada rua, esquina, quadra ou quarteirão já estavam desenhados em linhas tortas.
O crescimento de Esperantina foi bem diferente e por que não dizer quase todo aleatório por conta da falta de um planejamento urbano.
Nosso ambiente urbano não é lá estas coisas maravilhosas.
Não temos saneamento de vergonha e respeito muito menos ruas limpas, claras e dignas para serem trafegadas.
Nossa cidade nasceu à beira de um rio. Então as primeiras ruas e parte delas mais próximas ao Longá estão mais conservadas? Nem todas.
O que dizeres destas imagens?
Rua CEL José Fortes - parte norte
Idem
Vocês sabem de que rua esperantinense estas imagens retrata?
Algumas dicas para ver se descobrem:
Um ex-prefeito morou nela;
Rua comercial de Esperantina;
Tem três praças em seu percurso;
Na parte sul tem asfalto, na parte central tem paralelepípedos e na parte norte tem o que vocês estão vendo nestas imagens, muita poeira.
Ainda não adivinharam, então continuo.
Nela se localiza o estúdio de uma rádio de Teresina.
Nela vai funcionar a nova Agência do BB.
Agora sim adivinharam seus adivinhões.
É ela mesmo, a tão conhecida e maltratada Rua CEL. José Fortes que de forte não tem nada devido os "fortes" da governança esperantinense viram as costas para ela.
Sem sinalização, sem respeito para como os pedestres, motoqueiros e motoristas, sem "calçamento" e quase sem nada para dizer dessa suburbana rua de nossa cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário