27 de janeiro de 2012

A "Batalha" por uma Educação: é hora da capacitação.

Professoras Liliane Aragão e Francisca Dias
Muito se fala em capacitar os docentes,  dar-lhes uma educação continuada para que nosso país possa chegar ao topo de uma educação que queremos.
Os governos fazem uma batalha de propagandas em nome de evolução no aprendizado por parte dos docentes.
Mundo afora podemos ver que o profissional de sala de aula é tratado de várias maneiras.
Enquanto no Japão as atividades tradicionais (CURSOS ESPECÍFICOS) se mesclam com iniciativas inovadoras. Profissionais novatos são acompanhados por monitores dois dias por semana. Tudo isso dado pelo governo com a intenção de preparar os docentes em prol de educação a longo prazo.
O desafio brasileiro começa em superar as deficiências da formação inicial. Segundo o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2007, que avalia os cursos de ensino superior, 15% das faculdades de Pedagogia tiraram conceito 1 ou 2. Apenas 2% conseguiram a nota máxima, 5.
 Atualmente, diversos municípios brasileiros investem na formação em serviço para melhorar a instrução dos professores (em alguns casos, até para “substituir” a formação inicial).
Enquanto muitos municípios se preocupam com suas crianças o município de Batalha-PI, terra de Amaro Melo, nada faz para capacitar seus profissionais da educação.
A prova disso é a própria imagem que mostra professores da rede municipal daquele aglomerado urbano/rural se capacitando por conta própria. Retirando de seu pouco salário para evoluir como profissional, se reciclar, para quê? Para dar uma educação digna ás crianças batalhenses que outrora é obrigação do GOVERNO.
E o que o gestor faz diante disso?
Não paga bem seus funcionários, não reconhece suas pós-graduações (mudança de classe), não oferece um ambiente de trabalho confortável muito menos se preocupa em zelar pelo seu nome como gestor de uma cidade que abriga seus familiares.
 Ftos- revistaAZ e prefeituramunicipaldebatalha

Um comentário:

  1. Meu amigo, essa realidade aqui postada,ainda não nos acostumamos... porem temos uma Fé de uma Educação levada mais a serio isso por parte dos nossos governantes......

    Aline Medeiros

    ResponderExcluir