4 de fevereiro de 2012

Tum, Tum, bate meu coração!

Quando lhe vejo cheia de espertalhões da terra fico todo feliz minha querida Esperantina.
Abra seus braços e recebam todos como filhos seus.
Em tempo de crise capitalista, econômica e social mais uma visita de políticos decadentes não irá mudar o quadro puramente derrotado de nossa política.
O sistema administrativo, representado por pouca representatividade, vai de mal a pior.
Grande merda são estas visitas de partidos políticos em seus currais eleitorais na tentativa de fazer um trabalho de migalhas onde pensam que mostrar o focinho irá melhorar a situação a ponto de continuarem a perpetuar a eterna mamada no peitinho do governo.
Se é que me entende, achamos estas visitas a última gota d'água do planeta em relação à lembrança de quatro em quatro anos.
Este Atila Lira chamou os professores celetistas de "taba buracos" como demonstração de desrespeito para com estes profissionais que estudam tanto quanto os ditos efetivos.
Falar em buracos este Ismar Marques deveria se preocupar em tapar os buracos daqui para Luzilândia. Onde está mesmo o fim do "asfaltamento", melhor dizendo, cadê o restante do dinheiro para terminar a estrada que liga este dois municípios? Você sabe me dizer seu Themistocles ou você não sabe nem mesmo o restante do dinheiro para terminar a rodovia daqui ao Parque Ecológico Cachoeira do Urubu?
A desmoralização está grande na política piauiense. Agora nós contribuintes teremos que pagar mais uma conta: as viagens dos nobres politiqueiros pelas cidades Piauí a fora.
Meu coração está todo a palpitar de tanta emoção em saber que nossa cidade foi e será lembrada em 2012.
Tum, Tum bate coração brasileiro que não desiste nunca de ver um dia este bens feitores da máquina pública não ser lembrados como você querida Esperantina.

Fto kelmn.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário