5 de abril de 2013

Você está só?

Hoje terminei mais uma viagem. Dessa vez fui ao fundo do mundo das celebridades tidas como normais.
Demorei a entender que Paulo Coelho em seu Livro "O vencedor está só" tentou mostrar a futilidade dos homens nos aspectos econômicos e sociais. E conseguiu.
A carne é podre e o espírito ainda mais.
Viajei sim pelo mundo obscuro da mente humana e pude ver e sentir que não passamos de pouca coisa perante os verdadeiros mistérios da vida.
Não basta está vivo para fingimos o que não somos. É melhor está morto com todas as sensações e sentimentos realizados.

Você tem um carro, então é meu amigo!
Você frequenta grades e luxuosos lugares, então eu vou fazer de tudo para, contigo, frenquentar.

Ao levar estas experiências do Livro de Paulo Coelho para a realidade esperantinense podemos ver que muitos humanos vestem aquela roupa de malhar, fazem aquela caminhada até a academia achando que tudo isso é mais importante do que a malhação propriamente dita só pelo motivo que muitos outros humanos estão as vendo. Viver sem ser visto é uma tortura humana não é mesmo mortos de olhos abertos esperantinenses?
Querer se mostrar é a principal arma de sobrevivência de meus colegas conterrâneos.

Estudar, ler? Para quê se isso não nos trás amizades, reconhecimento e uma curtida nas redes sociais?

Nenhum comentário:

Postar um comentário