3 de outubro de 2013

Atraso à vista

Foto - itaipuacusite
A governabilidade no Brasil é fraca, é desumana. Nossa democracia só serve para poucos. E a morte de todos os dias é amiga inseparável de quem não tem meios financeiros para sobreviver nesta selva de políticos devastadores de almas.

O FPM  (Fundo de Participação dos Municípios) está diminuindo e os gestores da Região dos Cocais estão encontrando desculpas farrapadas para não cumprir com suas obrigações de pagamento dos servidores (motor financeiros das pequenas cidades).

O município de Batalha-PI, que tem como gestora Teresinha Lages (mas quem governa é seu esposo), está com os salários de boa parte dos servidores públicos municipais referente ao mês de Setembro/2013 em atraso. Mesmo assim irá realizar nos próximos dias uma das maiores festas agropecuária do estado. 

Já no município de Esperantina parece que a coisa irá se igualar. O mês de Outubro (mês das bruxas) começou nebuloso quanto ao não pagamento de alguns servidores referente ao mês passado. Quem era para receber seus proventos agora no fim do mês e início de Outubro só irá receber ou no dia 10 ou dia 20. Não quero acreditar que as coisas estão começando a desmoronar no que tange as finanças. Recentemente foram gastos muitas verbas com festas. Agora é a vez dos servidores fazerem festas de desculpas para os comércios que devem, para os cartões de crédito e tantas outras dívidas.

Será que o Morro do Chapéu irá entrar na onde de atrasos de pagamento?

"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que eu transmito".

Nenhum comentário:

Postar um comentário