2 de dezembro de 2013

PNAIC de São João do Arraial na aula errada.

O PNAIC nasceu com a ideia, entre municípios, distrito federal, estados e o governo federal, de alfabetizar em Português e Matemática nossas crianças na idade certa. Muitas crianças chegam aos oito anos sem estarem alfabetizadas. Este programa visa às crianças alfabetizadas no final do 3º ano do Ensino Fundamental.

O programa apoia as escolas públicas em diferentes necessidades: formação continuada de professores alfabetizadores, com cursos presenciais e bolsas de estudos (que varia de R$ 200,00 a R$ 800,00) para professores e formadores. Também são distribuídos gratuitamente materiais didáticos e pedagógicos específicos para alfabetização, obras literárias, além de outras tecnologias educacionais, como jogos. 

Este programa está em funcionamento em muitos municípios do Território dos Cocais. Isso é muito bom. O que chama a atenção é um detalhe que hoje ocorre no município de São João do Arraial onde o Gestor Adriano Ramos (figurinha da família Lima) e Secretária de Educação Maria Barros estão fazendo com os professores que participam desse programa.

Os encontros do Programa sempre acontecem nos fins de semana (sexta e sábado), no entanto, quando um encontro do PNAIC está previsto para ocorrer em um dia letivo, os professores, mesmo aqueles que se deslocam as grandes distância de sua residência até a sede do município, ficam proibidos de assinar esta formação como sendo um dia letivo, ou seja, os professores devem pagar este dia em outra data. 

Mesmo participando do treinamento/formação (que vejo como sendo uma educação continuada) os professores não podem incluir este dia como sendo um dos 200 dias letivos do ano.

Isso é absurdo, ditadura educacional, pois não vejo outro nome para dar a este episódio que muito me envergonha sendo um professor que sou. 
Até onde sei aqui em Esperantina não acontece isso e espero que continue assim, pois os professores merecem respeito até mesmo na hora de aprender.
"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que eu transmito".

Nenhum comentário:

Postar um comentário