27 de maio de 2015

Economia Verde

O PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) define Economia Verde como uma economia que resulta em melhorias do bem-estar da humanidade e igualdade social, ao mesmo tempo em que reduz significativamente riscos ambientais e escassez ecológica.

Em  outas palavras, uma Economia Verde pode ser considerada como tendo baixa emissão de carbono, é eficiente em seu uso de recursos e socialmente inclusiva.
Em uma Economia Verde, o crescimento de renda e de emprego deve ser impulsionado porque reduzem  as emissões de carbono e poluição e aumentam a eficiência energética e o uso de recursos, e previnem perdas de biodiversidade e serviços ecossistêmicos. 

Esses investimentos  precisam ser gerados e apoiados por gastos públicos específicos, reformas políticas e mudança de regulamentação. 
O caminho do desenvolvimento deve manter, aprimorar e, quando possível, reconstruir capital natural como um bem econômico crítico e como uma fonte de benefícios públicos, principalmente para a população carente cujo sustento e segurança dependem da natureza.

A iniciativa Green Economy (Economia Verde) foi lançada em 2008 com o objetivo de mobilizar e reorientar a economia para investimentos em tecnologias verdes e infraestrutura natural.

Esta ação pretende criar  uma oportunidade única de mudar o futuro da economia. Acredita-se que os setores de energia e tecnologia limpa, incluindo reciclagem, energia rural, energia renovável e biomassa sustentável, de agricultura sustentável, incluindo orgânicos, de infraestrutura ecossistêmica, de redução de emissões por desmatamento e de construções verdes são fundamentais para uma mudança maior na economia, para a sustentabilidade e para a geração de empregos.

A iniciativa está fundamentada em 03 pilares:
* valorização e divulgação de serviços ambientalmente corretos para consumidores;
* geração de empregos no marco dos empregos verdes e definição de políticas nesse sentido;
* instrumentos e indicativos do mercado capazes de acelerar a transição para uma economia verde.

Contribuição e foto: pnuma

Nenhum comentário:

Postar um comentário