5 de janeiro de 2016

Ex ao quadrado


Além da equipe de Luzilândia, também estou sentindo falta de uma outra equipe na Copa Norte desse ano.

Até bem pouco tempo esta equipe era tida como uma das mais tradicionais e uma das maiores do estado do Piauí.
Os melhores atletas sempre eram convocados, bem pagos, por sinal.
Tinha toda uma estrutura. Folha de pagamento, especialistas em todas as áreas necessárias para um belo desempenho de seus atletas dentro de quadra em todas as competições, e não eram poucas, que participavam.
Hospedagem, transporte, tinha tudo para os reforços trazidos dos quatros cantos do Nordeste brasileiro.Foi campeã? Foi sim, sem dúvida.

Mais agora parece que o fogo de entusiasmo e grandes vitórias chegaram ao fim.
Nas últimas competições realizadas por estas bandas do Piauí não presenciei mais camisas confeccionadas nas melhores lojas do país nem dentro de quadra muito menos nas arquibancadas.

A cada competição era um alvoroço a distribuição dessas camisas. Os mais cegos apaixonados pelo esporte politiqueiro faziam filhas para receber-las.

Montava-se até uma banda musical na arquibancada para fazer a apresentação, tanto da equipe como do uniforme.

Agora, depois de quatro anos e uma eleição presidencial, eis que o termo EX tornou QUADRADO. 

A potência aqui só se for elevado ao quadrado. 

E assim vamos vivendo, eu daqui a observar e vocês, digo VOCÊS, a choramigar. 

Fto - apremavi

Um comentário:

  1. MAS ESTÁ SIM, SÓ QUE CAMUFLADA EM OUTRO NOME, SELEÇÃO ESPERANTINENSE, PODE VER QUANDO ELA FOR JOGAR, A TURMA DO MENINO MIMADO ESTÁRÁ PRESENTE E TORCENDO.

    ResponderExcluir