22 de fevereiro de 2016

Qualidade Ambiental

Trata-se de manter as condições e qualidades do meio ambiente em um estado que favoreça o desenvolvimento da vida e a riqueza da biodiversidade.

Entende-se que o consumo dos recursos naturais pode se sustentar através do tempo, sem esgotar as existências de seus elementos componentes, dentro de padrões desejáveis e possíveis. 

Por sua vez, a taxa de geração de rejeitos não deverá exceder a capacidade de assimilação do ambiente.
O conceito de qualidade ambiental está diretamente associado ao conceito de qualidade de vida, compreendendo as condições de vida da população no que se refere ao saneamento, à habitação, promoção social, recuperação e preservação do meio ambiente, ao transporte, à educação, saúde, vitalidade cultural, economia urbana e rural, e à prosperidade (Braga Netto, 2003).

Segundo Braga Netto (2003), o próprio conceito de qualidade induz a uma reflexão sobre padrões e níveis distintos desse valor, que devem estar vinculados e adequados a diferentes realidades. 


Podem ser variados em função do contexto cultural e ambiental, cabendo sempre as questões: onde? para quem? para quê? por quanto? como? quando? 

O desenvolvimento sustentável abrange e harmoniza as diversas dimensões da vida social, cultural, econômica, política, ambiental e tecnológica de um povo. 

Falar em medidas para a melhoria da qualidade ambiental significa abordar os diferentes aspectos político institucionais, econômicos, socioculturais e tecnológicos que têm impactos ambientais no meio ambiente.

Contribuição: primecursos

Nenhum comentário:

Postar um comentário