4 de janeiro de 2017

Entrevista com ex-operário de uma Indústria Química

- Caso você tivesse outra oportunidade de trabalhar em um indústria química, você trabalharia?
- Aprendi muitas coisas nos muitos anos que trabalhei neste tipo de indústria, gostei de trabalhar lá, mas não votaria a trabalhar neste tipo de indústria.

Os alunos dos 2º anos de Administração e Informática, turno manhã, do Centro Estadual de Educação Profissional Leonardo das Dores seguindo as orientações do Projeto Interno "Chão na Escola" - A indústria Química de Esperantina, resolveu fazer uma entrevista com um ex-operário de uma indústria química de Esperantina para conhecer melhor a realidade e a importância desse tipo de indústria para todos nós.

Depois de estudarem sobre este tipo de indústria, os alunos elaboraram questões diretas.
O entrevistado foi Valdeci (mais conhecido popularmente como Pimbão).

Apenas parte dos alunos das duas turmas se fizeram presentes no estabelecimento onde hoje o entrevistado trabalha de forma independente.

Perguntas relacionadas à assistência técnica e cursos de aperfeiçoamento ofertados pela empresa aos operários, uso de EPI (Equipamentos de Proteção Individual), acidentes com ou sem produtos químicos dentro da empresa, disponibilização de planos de saúde para os trabalhadores da empresa foram feitas pelos alunos.

Com paciência e sabedoria, o entrevistado respondeu todas as perguntas.

Ao final não só os alunos como toda a equipe do projeito gostaram da entrevista ao tempo que aproveitaram para agradecer o entrevistado Valdeci (Pimbão).

Nenhum comentário:

Postar um comentário