31 de maio de 2017

Prefeita e vice-prefeito pedem a vereadores que estudem mais

Quando se fala em educação, sou publicamente defensor. Não poderia ser diferente.

Muitas crises hoje estão instaladas ao redor dos quatros cantos do planeta infiltradas em todas as instâncias. 

Maior do que a crise educacional há existe.

A falta de educação é "o ponta pé" de muitas outras crises que adoecem os órgãos que deveriam fazer o dever de casa que é solucionar, ou pelo menos diminuir, os problemas referentes ao Estado de Bem Estar em que todas as sociedades deveriam desfrutar.
Independe dos avanços educacionais no Brasil das últimas 4 décadas, ainda existe entre nós representantes do povo com pouca ou nenhuma 'bagagem' educacional, ou seja, analfabetos mesmos.

Quem é mais analfabeto: o eleito ou o eleitorado?

Não vamos nos prolongar neste assunto, pois o assunto principal diz respeito ao discurso da prefeita e vice prefeito de Esperantina, Vilma Amorim e Jânio Filho respectivamente, durante a abertura da Conferência Municipal do Saneamento Básico realizada no dia 25 de Maio do corrente ano no Auditório Sônia Amorim (Biblioteca Municipal da cidade).

Primeiro foi Jânio Filho: "ainda há vereadores, durante o século 21, que não entenderam a importância do Saneamento Básico para nossa cidade".

Logo depois Vilma Amorim, fazendo uso de sua formação na academia - professora, deu a lição: "alguns vereadores precisam estudar mais para entender a diferença entre Plano Municipal de Saneamento Básico e o Projeto de Esgotamento Sanitário".

Estas duas lições foram equivocadas?

Aprender nunca é ruim.
Está certo que os vereadores, mesmo alguns sendo professores, devem a cada dia aprender lições para a vida quanto aos projetos que possam evoluir nossa cidade à condição de uma cidade digna de se morar.

A dica foi maravilhosa. Foi uma crítica plausível.
Sinceramente espero que os criticados aceitem estas duas críticas como aprimoramento para seus futuros trabalhos legislativos.

No entanto, não podemos deixar de mencionar que alguns vereadores da base governamental dos críticos votaram a favor da doação da escola mais antiga da cidade ao Poder Judiciário lá no mês de Fevereiro.

Resumindo, sempre precisamos estudar mais, pois assim teremos uma estrutura política e educacional mais equilibrada e limpa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário