30 de junho de 2017

Servidor não ficará com falta na Greve de 30 de Junho

Os servidores públicos estaduais que não aparecerem para trabalhar nesta sexta-feira (30) não terão o ponto cortado.

E nem a falta descontada no contracheque, como acontece normalmente. 

A garantia é do secretário de Estado da Administração e Previdência, Franzé Silva.

O governador Wellington Dias falou sobre a gravidade do momento, da grade instabilidade política vivida no país com denúncia de corrupção até contra o presidente da República e ministros de Estado.


O governador defende o engajamento do Piauí na luta pela preservação dos direitos dos trabalhadores e dos aposentados.

"Como governador eu reconheço que há um nível de insatisfação muito grande, com ameaças aos direitos dos trabalhadores e por essa razão o Brasil inteiro está nessa mobilização. Recentemente tivemos uma mobilização que teve uma participação de mais 20 milhões de pessoas no Brasil inteiro, e é provável que neste dia 30 ocorra novamente grande movimentação. O Piauí é parte desse movimento de luta pelos direitos e deve participar. O que o estado vai cuidar apenas para que ocorra de forma pacífica", falou Dias ao participar de solenidade, inclusive de uma audiência com representantes da Delegação da União Europeia no Palácio de Karnak.

Esta atitude de reconhecer o direito de manifestação da classe da educação é de muito valia por parte do governador.

Devemos mostrar ao Brasil que estas reformas são anti-populista e que muito irá atrasar o desenvolvimento do país a médio e longo prazo.

Greve Nacional sempre que tivermos motivos.
Este movimento é em prol da classe mais frágil, pois é a que mais irá sofrer a curto prazo.

O Brasil deve sim ir à rua.
Independente da bagunça no governo federal, o brasileiro não deve virá refém dessa quadrilha que aí se apresenta como a via de saída de um caos já instalado há muito tempo.

Contribuição: piauihoje
Fto - sintepi 

Nenhum comentário:

Postar um comentário