Pular para o conteúdo principal

REFLITAM COMIGO?

Queridos leitores, sejam vocês parciais ou não, sejam vocês admiradores ou não deste pequeno espaço que está a cada dia nos rodeando ainda mais.
Gostaria de chamá-lo para fazer uma retrospectiva sobre as nossas conversas via internet.

Antes gostaria de deixá-los ciente sobre um assunto não muito animador que diz respeito a minha integridade física, moral e até humana: como já disse entre outras post o sucesso incomoda e devido isso tenho recebido alguns comentários maldosos e por que não falar em ameaçadores que infringe minha reputação, minha índole, meu trabalho.

Que fique bem claro entre nós: sinto-me cada vez mais livre.

Inicialmente criei este Espaço não para trazer-me reconhecimento e sim demonstrar minhas angústias geográficas sobre o mundo que nos cerca, nos rodeia.

Devido as minhas visões, meus posicionamentos políticos, econômicos, ou seja, sociais, tenho criado amigos e inimigos.

Como não concordo com todas as opiniões alheias, sei as minhas também não são bem recebidas por alguns. E não vou aqui dizer que os mesmos são idiotas, imbecis e tal, e tal, e tal.
Mas devo dizer que muitas vezes sou mal interpretado.

Todo mundo sabe que não sou partidário a sigla nenhuma, bem diferente da minha família, pois todos são. Sem o meu consentemento, é claro.

Quase todos devem saber que sou funcionário da Prefeitura de Batalha, por via das dúvidas, concursado. E mesmo estando em estado probatório não meço críticas ao gestou e toda sua incompetente equipe por erros infantis.
E por fim sou funcionário tanto do Estado Piauiense e de uma instituição privada provisoriamente. Sem falar que devo explicação a querida mamãe.

Para não fugir do assunto devo dizer não somente aos chicos, betos, raimundos, etc, etc, etc, mas sim quem nos ler:

Não defendo partido algum, muito menos político partidário. Todos são da mesma manilha.

Quem vai fechar os olhos para escuridão da praça Bento Regô no bairro Palestina?
Quem que continuar a cair nos milhares de buracos da perdição em nossa cidade?
Ou vocês queridos leitores querem vim até mim através de péssimas estradas vicinais de um dos maiores municípios piauienses?

Fora estas perguntas, tenho muita mais na qual no vou relatar aqui e agora.

Se eu quiser comer hoje devo recorrer ao meu suor e aos meus pais. Agora se a partir de hoje alguém aparecer para pagar meus impostos quem sabe não vou lhe servir um chá.

E aqui cito algumas infeliz citações que está postado no jornalesp.com

beto "não acredito q vc esteja na folha do chico antonio mas sei q seu irmão joão filho esta.e isso calou sua boca"

FRANCISCO "caro marcelino,ao contrario de vc,eu nao preciso bajular e nem mesmo fingir q está tudo bem" "E em momento algum estou criticando a pessoa de Marcelino, apenas, mencionei o fato de nem ele e nem o Zé Luíz não citar nada da adm atual" "então pq tenho opinião própria sou taxado por vc de "beneficiado " do Santolia?"

Aqui ficam minhas lamentações sobre este assunto e a escrita do meu nome. O correto é MACELINO KELITON, como podem ver não tem o "R".
Infelizmente isso não vai acabar, pois o que tem de comentário sobre minha pessoa não está nos quadrinhos.

Morram de invejam seus bastados de esquina partidária. Enquanto isso vivo a sorrir pelo bem está proporcionado pelo digno trabalho e as simples palavras que escrevo.

Comentários

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. É isso aí parceiro, você é "respeitado".

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia ou Boa Tarde?

Alguns seres classificam esta diferença entre dar um BOM DIA ou BOA TARDE levando em conta o ALMOÇO e não as horas do movimento de Rotação da Terra. Você já foi corrigindo quando desejou um BOM DIA para quem já tinha almoçado? Provavelmente que sim. As indesejadas situações onde somos corrigidos quanto as felicitações de gentileza muitas das vezes não são agradáveis. Então quando devemos desejar BOM DIA, BOA TARDE? Depende das horas e não do almoço em si. Os cronologistas não aceitam esta afirmativa. Para os cronologistas o DIA tem 24 horas, portanto, desde que você esteja dentro desse período sempre será "dia". Como será você chegar na casa do (a) namorado (a) a partir das 21:00 hs e dar um BOM DIA em plena noite? No mínimo será cogitado de doido(a) ou bêbado(a). Independente da gentileza que queira passar ou até mesmo a educação que recebeu dos pais e familiares em geral o mais adequado é que das 06:00 hs até as 12:00 hs você deve dar um BOM DIA e depois do meio dia até a…

Países de industrialização tardia.

Depois da Inglaterra, Bélgica, França e Estados Unidos foi a vez de Alemanha, Japão, Canadá e Itália a se industrializarem. Por que a Alemanha (3ª Economia do mundo) se industrializou tardiamente em relação aos países pioneiros? Sua história é marcada por guerras, destruição e reconstrução. Foi derrotada tanto na 1ª como na 2ª Guerra Mundial, foi dividida e mesmo assim conseguiu reunir forças para sair, rapidamente (30 anos) dos destroços e alcançar a 3ª posição dos países mais industrializados do mundo capitalista de hoje. O Japão foi a 1ª potência a se industrializar na Ásia. Hoje é a 4ª potência econômica do mundo. Mesmo durante a 2ª Guerra, onde foi totalmente arrasada, aprendeu que para se alcançar a meta de um país industrializado é necessário se investir em Educação para gerar capital e consequentemente comprar matéria-prima na qual não tem em seu pequeno subsolo. Este dois países deram exemplo de trabalho, dedicação, força de vontade e esperança para o mundo ao mostrar que me…

Não plante Nim Indiano

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia. 

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc).