16 de setembro de 2010

Queda de Braço ou meramente Braço Fraco?

Seu Chico
Tudo leva a crer que a política esperantinense nunca vai deixar de ser marcada por uma briga de poucos e sem o mínimo interesse de melhorar a vida da sociedade em geral.

Quem deve assumir a obrigação de fazer algo em prol de nossa gente?
A gente ou os agentes de uma política imunda que só visam os interesses próprios igual a nossa?

Esta semana, bem ao estilo de um VALE TUDO por dinheiro e poder, Esperantina vivência um passo para traz, um retrocesso POLÍTICO, a decadência de um governo,

Sou LULA  e isso todo mundo sabe.
Sou W. Dias e não escondo.
Não sou PT, pois estes dois estão acima de uma sigla. E por que estão?

Por que tem um braço forte. Administram para o povo e não para a maioria das gentalhas que compõe este partido. A maioria da PTzada esquece que este poderzinho que tem nas mãos agora um dia irá passar. Acho que é por isso que esnoba e fazem de tudo para aproveitar ($$$$$) este momento.

Fraqueza só
A queda de braço no PT esperantinense nada mais é do que a fraqueza de governar de um dos amigos de LULA e DIAZ - Seu Chico -.

A administração atual está perdida. O atual gestor, querendo agradar a quem vos ajudou na campanha, esquece o princípio da política democrática: governar com e para o povo.

Seu Chico endureça este braço: vamos trabalhar para toda a sociedade querendo uns ou não.
Palavra firme perante tudo e todos mesmo que seja contra as vontades dos poderosos Jânio, Santana, Sampaio, Vilma, etc.
Se você continuar a agradar apenas esta minoria a maioria da sociedade esperantinense não irão mais acreditar no que você diz.
Nesta queda de braço não tem espaço para braço fraco.
Ou você espera que a mesma empresa que administra a coleta de lixo do São João do Arraial vem fazer uma limpeza política e econômica aqui na Terra da Boa Esperança?

3 comentários:

  1. Eita, que só você mesmo para escrever algo interessante em Esperantina.

    ResponderExcluir
  2. Bem, concordo plenamente com você quando se refere a atual administração esperantinense como inerte frente às demandas do povo que elegeu um quadro político que gesta apenas suas próprias necessidades. Isso não é política, mas uma vergonha,enquanto isso quatro longos anos se passam e uma cidade como a nossa entregue ao bel prazer destes, que como sabemos são apontados facilmente nos dedos da mão...

    ResponderExcluir
  3. Esse governo vai ser igual bananeira. Só vai dar uma vez!

    ResponderExcluir