27 de outubro de 2010

Alunos do Curso em Meio Ambiente visitam "Aterro Sanitário".

Saudações geográficas!
Acabo de chegar do "Aterro Sanitário" de nossa querida Esperantina e não estou nada cheiroso. No entanto estou feliz.

Os alunos do Curso em Meio Ambiente, 1º H do turno da Tarde do CEEP (Centro Estadual de Educação Profissional) Leonardo das Dores acompanhados por este humilde professor que vos escreve, do Chefe do Departamento de Meio Ambiente de Esperantina - Elias Júnior - e de alguns estagiários em Meio Ambiente (alunos que cursaram o mesmo curso em anos anteriores na referida escola) tiveram sua primeira viagem Aula Campo nesta tarde de 27/10/10.

A viagem aconteceu para que os alunos colocassem em prática os conhecimentos sobre o destino dos resíduos sólidos urbanos bem como também se conscientizarem da importância de diminuir o consumismo exagerado que tem provocado grandes desequilíbrios ambientais.

A preocupação ambiental tem crescimento exponencialmente no que diz respeito á produção de lixo.
Diminuir, separar para só depois se preocupar com o devido confinamento seguro era o deveria ser feito entre nós.

Infelizmente isso não foi detectado em nossa aula campo.
Para falar a verdade não temos sequer um aterro sanitário. Para o governo municipal existe. A nosso ver apenas no "papel". Não tem um trator, nem outras partes constituires de verdadeiro aterro  para que o mesmo possa funcionar adequadamente. O ar, solo, lençol freático e famílias vizinhas rir por este desprezo dos governos esperantinense. Cadê as políticas públicas para amenizar o problema ambiental?
Durante a importantíssima aula os alunos tiveram a oportunidade de conversar com um catador.
Seu Antonio foi muito atencioso e claro em suas falações.
Falou que passou muitas dificuldades na vida e hoje encontrou um meio de sobrevivência, O LIXO.
Já comprou até uma moto catando e vendendo o lixo que nós (alunos e professores) produzimos em nossas residências e locais de trabalho (escola).

Em sua fala Elias Júnior destacou a importância de fazermos coleta seletiva, tanto para ajudar seu Antonio como também para ajudar o Meio Ambiente. Isso tudo em nossas casas. Está faltando coletores coloridos em nosso CEEP.

Pelo jeito os alunos consolidaram seu aprendizado sobre o tema. Esperamos que coloquem em prática o que estão aprendendo. 

A natureza agradece como nós, do Espaço Geográfico agradecemos, a Coordenação de Educação do Estado em Esperantina por liberar o carro (fez sua obrigação) e ao Departamento de Meio Ambiente do município e seus estagiários pela realização desse trabalho. Sem falar, é claro, dos próprios alunos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário