28 de maio de 2013

Caravana nota 1000 e estrada da Malhada do Meio nota 3.

Péssima estrada que liga à comunidade Malhada do Meio
O projeto da Secretaria de Saúde intitulado "Caravana nota 1000", que leva para as comunidades rurais de Esperantina serviços médicos de enfermagem, atendimento psicológico, vacinação, exames e outros sentiu na pele como é trafegar em estrada em péssima condição de amparos.
Passou a época da Semana Santa e o roço da estrada que liga o perímetro urbano à localidade Malhado do Meio até hoje não foi feito. 
Neste último sábado o povão que compõe este projeto pôde constatar que todos os setores da administração pública precisam está em plena sintonia.
A dificuldade que nossa gente do campo tem é quase imaginável. Agora um projeto desse de grande valia para quem vive a mercê das políticas públicas precisa enfrentar mais um problema: falta de acessibilidade às comunidades por falta de reparações e conservação das estradas vicinais que deveria está perfeita harmonia como o desenvolvimento social e econômico de Esperantina e região.
É claro que os muitos carros contratados para fazer parte da Secretaria de Saúde estão em perfeito estado de conservação a ponto de levar os profissionais desse projeto em "Ar condicionado", sem conhecimento de buracos (pois o que recebem no fim do mês é suficiente para consertá-los), ou seja, no maior conforto.
Mesmo assim fica a minha tristeza por saber que muitas das pessoas dessa localidade e localidades circunvizinhas, que se utilizam da referida estrada todos os dias, não têm se quer uma moto em condição para enfrentar esta estrada sem roço, cheia de buracos, cheia de perigos e que recebe, na minha avaliação, nota 3. Só 3 e nada mais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário