18 de setembro de 2013

Aprendendo com o Doutor.

Prazer Doutor
Agora sim. Agora posso chamar meu mestre (professor) de DOUTOR.
Sem essa de códigos de ética perante as inúmeras profissões que 'exige' o termo DR.
Morro e não deixo de chamar de Doutor apenas os que têm diploma de DOUTORADO.

Lá estou à espera de pagar mais uma disciplina no meu canto de sala de aula. A disciplina agora é "Administração do Setor Público". Logo esta disciplina vai ser com um Doutor. Meus colegas de sala vão chegando e de repende entra aquele senhor de quase 50 anos, cabelos grisalhos, com vestimentas esportivas e sem muitas apresentações já começa a falar sobre o assunto esperado por todos: Administração pública.

Sem autoelogios, sinal de humildade que falta a muitos esperantinenses, inicia a desvendar os necessários conceitos e exemplos possíveis da má administração brasileira.

Curioso que sou lá fui eu pesquisar sobre este Professor/Doutor Carlos Antonio Mendes de Carvalho Buenos Ayres. O nome é grande igual ao seu currículo: 
Mestre pela UFPE em 1994 e Doutor em Sociologia pela UNB em 2002.
Gosta de assuntos relacionados em Estado, Governo, Administração Pública, Políticas Governamentais, Pensamento Social Brasileiro, Globalismo, Sociologia do Desenvolvimento, etc.
Fala 04 idiomas: além do português, espanhol, francês e inglês.
Publicou vários artigos bem como livros.

Espero aprender um pouco mais com este verdadeiro doutor do conhecimento. Espero que a administração dos conceitos de quem devem ou não rececer este sobrenome posso não ser igual a do Brasil.

"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que eu transmito".



Nenhum comentário:

Postar um comentário