20 de abril de 2014

Sem muita importância, mas necessária visita.

Como é bom fazer uma visita. Melhor ainda ser bem recepcionado.
Abrir as portas do seu lar para receber aquela pessoa amada, respeitada por qual admiramos muito é coisa de outro mundo onde o sentimento psicológico, mental e físico melhora, se eleva.
Volte sempre seu Governador. Aqui é a 'terra' do seu atual sucessor. Que coisa boa. As portas estarão abertas, até porque são do mesmo partido, da mesma base, da mesma mesa de conversa, de amizade.
Ontem seu Zé Filho, atual governador do Piauí, nos visitou, visitou Esperantina.
Não faltou bajuladores. Não podia faltar. Se nunca faltou não seria agora que faltariam estes sorridentes e inocentes babões.
Foi visitar as 'máquinas' que comandam uma reeleição - Obras -. Como um colega de escrita virtual um dia falou: obras do futuro.

O momento não podia ser melhor para uma boa visita. Festa fora de época, cachoeira do urubu cheia, véspera de sucessão governamental, interesses inúmeros.
Vêm governador! Visite-nos sempre, mesmo sem importância, não deixe de nos visitar.
Mas pelo amor de Deus não vacile novamente como você vacilou na casa do Presidente da ALEPI se deixar ser fotografado com dois maus exemplos alimentar: refrigerante e tabaco (cigarro) ao seu lado na mesa. Dessa forma sua imagem e de todos que lhe bajula não será positiva. Enquanto muito se discute sobre uma vida cheia de qualidade e sustentabilidade você vem e dar péssimos exemplo. Pouca vergonha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário