4 de julho de 2017

O que Esperantina precisa

Vocês já sabem que dou um valor imensurável a um registro fotográfico que muito revela as contradições reais ou mesmo a realidade dos sonhos.

Este registro fotográfico de um blogueiro local diz muito sobre a realidade atual de Esperantina.
Para você que não conhece Esperantina pessoalmente pode até estranhar esta imagem, mas ela é mais estranha para quem a conhece.

Lama, buraqueira, escura, suja, sem trânsito, poucos monumentos que ainda continuam em pé em decadência, em resumo, muito feia é a nossa cidade.

Vive do comércio onde muito corre dinheiro de mais de 08 cidades toda semana.
Milhões e milhões governamentais correm todo mês em vias bancárias, no entanto, a infraestrutura é limitada.

Uma vez um colega me falou: "...parece que Esperantina é tombada, pois a única mudança que ocorre é a depredação onde ninguém pode modificá-la para melhor". 

Quando é tombada pelo menos é preservada, com Esperantina nem isso.

Pois bem, voltando à fotografia, Esperantina sempre precisou da união das forças políticas para se desenvolver. Se hoje ela (cidade) não é desenvolvida é porque as forças políticas sempre foram egoístas para não unirem forças com o objetivo de pôr a nossa cidade em seu devido lugar que é uma cidade de referência no Norte do Piauí.

O presidente da ALEPI sendo esperantinense deveria sempre ter sentado à mesa do gestor municipal da cidade que o mesmo sempre diz que tanto ama.
Por divergências políticas quase nunca fez e com isso Esperantina ficou com o prejuízo.

Agora que o presidente da ALEPI conseguiu, e eu gostaria de saber como, fazer parte do governo estadual, governo este que é do mesmo partido da gestora municipal, começa aparecer no mesmo flash daquela que no ano passado o mesmo dirigiu palavrões inaceitáveis.
Independente disso, como venho sempre dizendo, Esperantina precisa e sempre precisará da união das forças políticas independente das siglas partidárias para se desenvolver.

Se o presidente da ALEPI não fosse tão unilateral, com certeza Esperantina estaria em melhor condição de vida.

Vamos esperar se este tipo de registro fotográfico com a gestora municipal irá continuar enquanto durar o casamento de W. Dias e o presidente da ALEPI até as eleições do ano passado, ou mesmo antes. 

Fto - revistaaz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário